História Completa de Kratos em God of War


história kratos god of war

A série God of War é um retumbante sucesso onde exibiu ao mundo o novo Deus da Guerra. Kratos desolou o panteão grego e o mundo que governava, mas de alguma forma ele foi levado para o reino nórdico para levar uma vida tranquila de isolamento.

Como ele foi parar lá? Que trilha de corpos o Fantasma de Esparta deixou em seu rastro desenfreado em direção ao Monte Olimpo? Como sua descida sangrenta para a vingança passou de ruim para impensável? Reunimos nossos pergaminhos e compilamos uma sinopse cronológica de God of War para lhe dar a história completa da vida inacreditável de Kratos.

A Infância de Kratos

Os jovens espartanos eram despojados de sua inocência e transformados em guerreiros implacáveis ​​desde o início, e a origem de Kratos não é diferente. Ele prova que está além de seus pares, e embora seu irmão, Deimos, pudesse ter sido seu igual, ele foi levado por Ares e Atena em sua juventude, como revelado no título do PSP, Ghost of Sparta. Em memória dele, Kratos se marcou com tatuagens vermelhas na veia das marcas de nascença não convencionais de seu irmão.

história kratos god of war

Anos depois, a série de quadrinhos revela que Kratos é promovido a líder e se casa com Lysandra, resultando no nascimento de sua filha Calliope. No entanto, ela nasceu com uma doença, e devido à lei de Esparta para matar os fracos, Kratos parte em uma missão urgente para encontrar a Ambrosia de Asclépio, que cura todas as feridas e doenças. Mal sabe ele que alguns dos olímpicos fizeram uma aposta, selecionando mortais promissores para ver quem poderia chegar ao Ambrosia primeiro. Um desses campeões é o Bárbaro Alrik. Depois que os outros campeões caem para os dois homens, Kratos sai por cima e volta para casa a tempo de salvar sua filha de ser sacrificada. Seus feitos o levaram a se tornar um capitão reverenciado, mas Hades tem outros planos para Alrik.

Ao longo do primeiro God of War, é revelado que o deus do submundo envia o Bárbaro contra o exército de Kratos para eliminá-los algum tempo depois. Os números absolutos ganham o dia para Alrik, mas antes que ele pudesse acabar com Kratos, o desesperado espartano chama Ares para matar seus inimigos em troca de sua vida. Ao fazer isso, Ares queima as Lâminas do Caos nos braços de Kratos, que ele usa para decapitar Alrik. Desse ponto em diante, Ares comanda Kratos para matar todos – sejam inocentes ou culpados – para a glória do deus para que ele pudesse obter o favor de Zeus, mas o último teste de Kratos consiste em destruir uma aldeia dedicada a Atenas. Depois de massacrar seu povo, ele descobre que Ares colocou sua família ali como um truque, que ele havia assassinado involuntariamente. Ares pensou que seu guerreiro perfeito não seria mais retido por laços familiares,

Kratos em God of War: Ascension

história kratos god of war

Kratos é deixado como uma casca de um guerreiro depois de matar sua família, e Ares não vai aceitar isso. O mortal jurou sua vida a Ares com um juramento de sangue, e quebrá-lo não é considerado levianamente pelas Fúrias. Esses seres primordiais narram as promessas feitas aos deuses e punem eternamente aqueles que os contrariam. No entanto, uma vez que se comprometeram com Ares, eles deixaram seu abominável ato de enganar o espartano escorregar. O deus da guerra quer fazer de Kratos o guerreiro perfeito para ajudá-lo a destruir os olímpicos um dia, e as Fúrias estão unidas nesse objetivo. No entanto, o filho de Ares e das Fúrias, Orkos, os trai ao ver como seu plano de vingança cegou seu julgamento.

Enquanto as Fúrias fizeram seu trabalho sufocando as memórias de Kratos para que ele lutasse novamente, Orkos chega até Kratos e diz que ele deve se libertar de suas ilusões e de sua servidão forçada a Ares. A nova missão do espartano o leva a ser capturado pelas Fúrias, que ele mata um por um. Depois que ele retorna para sua casa solitária em Esparta, Orkos revela que a única maneira que ele e Kratos podem ser libertados do controle de Ares é se Orkos morrer. Enquanto ele viver como o Oathkeeper, os laços de Kratos e Orkos com Ares irão persistir. Mesmo que ele inicialmente recuse, Kratos relutantemente termina a vida de Orkos, mas nesse ato, todas as memórias de seu passado voltam em detalhes vívidos. Na esperança de que os outros olímpicos consertem os erros de Ares, Kratos jura lealdade a eles.

God of War: Chains of Olympus

As muitas façanhas de Kratos a serviço dos deuses o levam por todo o mundo grego. Uma dessas tarefas o leva à Ática para repelir um exército persa invasor, onde ele despacha o rei e o basilisco furioso. Pouco depois, Kratos testemunha o sol (ou seja, Helios) caindo do céu. O mundo é então lançado na sombra, permitindo que Morfeu – o deus primordial dos sonhos – lance os olímpicos em um sono profundo. Antes de adormecer, Atena implora a Kratos para salvar Helios para que os deuses possam despertar mais uma vez. Depois de chegar ao templo do deus do sol, ele desperta os Corcéis de Fogo que o puxam pelo céu, levando Kratos ao seu mestre no submundo. Kratos finalmente navega para o palácio de Perséfone no rio Styx e tropeça em sua filha correndo ao redor do lugar. Ele exige que a rainha dos mortos o leve para Calliope.

história kratos god of war

Uma vez que Kratos entrega seu poder, Perséfone revela que ela libertou o titã Atlas para capturar Helios, que usaria o poder do deus para destruir o pilar do mundo. Ao fazer isso, a humanidade e os deuses cairiam com ele, e embora Perséfone também morresse, era sua única maneira de se vingar de Hades e Zeus por enganá-la no passado. Kratos pode ser capaz de se relacionar com Perséfone, mas ele percebe que sua filha morrerá se ele não parar a rainha suicida. A única maneira de fazer isso é abraçar novamente seus pecados para recuperar seu poder, então, embora Kratos saiba que nunca verá Calliope novamente, ela pelo menos viverá. Ele a deixa para trás e derrota Perséfone, acorrentando Atlas ao lado de baixo do mundo no lugar do pilar quebrado. Com Helios restaurado, Kratos cai do do templo do deus do sol enquanto ele retorna para o céu. Enquanto ele dá as boas-vindas à morte, Hélios e Atena o salvam de sua morte prematura. Os deuses têm planos maiores guardados.

Surge Kratos, o Deus da Guerra em God of War

Depois de mais cinco anos de recados para os deuses, as coisas chegam ao limite quando as forças de Hydra e Ares quase dizimam a frota de navios de Kratos. Ele pergunta a Atena por quanto tempo mais ele deve lutar até que suas memórias sejam tiradas dele, então ela lhe dá uma tarefa final: salvar Atenas de ser destruída por Ares. Tendo desprezado o deus da guerra por tanto tempo, a tarefa prova ser uma situação ganha-ganha. Com a bênção secreta dos olímpicos, Kratos procura o oráculo de Atena e descobre que deve usar o poder da Caixa de Pandora para derrotar Ares. Kratos viaja para um deserto próximo em busca do titã Cronos, que tem um templo acorrentado às costas que contém a lendária caixa. Com inúmeras armadilhas e monstros que nenhum mortal poderia derrotar, Kratos foi o primeiro a conquistá-los e proteger a Caixa de Pandora.

história kratos god of war

Pouco antes de sair do templo, Ares lança um pilar de Atenas que empala Kratos, permitindo-lhe roubar a caixa. No entanto, mesmo o submundo não conseguiu segurar Kratos enquanto ele lutava para voltar para Atenas. Seu retorno surpreende Ares e dá a Kratos a chance de abrir a Caixa de Pandora, que o transforma em um gigante depois que ele absorve o poder de dentro. Ele dá a Ares o que lhe é devido, empalando-o em troca e salvando o que resta de Atenas. Mesmo assim, os olímpicos apenas perdoaram o passado de Kratos, em vez de permitir que ele se esquecesse disso. Isso o leva a se jogar de um penhasco, mas Atena nega-lhe a morte novamente, proclamando que um novo deus da guerra é necessário. Ele relutantemente aceita a oferta na esperança de que ele possa afogar suas tristezas mergulhando em tudo que ele sabia agora: derramamento de sangue desequilibrado.

Quadrinhos de God of War

Kratos percebe que os devotos de Ares estão planejando usar a Ambrosia para ressuscitar o falecido deus da guerra, mas como Kratos não destruiu sua fonte há mais de uma década, ele reformulou o caminho que tomou para salvar seu filha para erradicar a Ambrosia de uma vez por todas. Suas preocupações podem ter diminuído, mas a viagem apenas o fez refletir mais sobre os amigos e família que ele havia perdido para os deuses e sua própria arrogância.

história kratos god of war

Kratos e seu irmão, em God of War: Ghost of Sparta

Mesmo a divindade não era um bálsamo para as memórias de Kratos e, além disso, novas visões de sua mãe sendo mantida em cativeiro na Atlântida. Incapaz de abalar seu significado, ele faz um cerco aos domínios de Poseidon e descobre por sua mãe que seu irmão, Deimos, está sendo mantido por Thanatos no Domínio da Morte. Isso leva Kratos de volta a Esparta, onde reside o Templo de Ares. Ele encontra a chave que foi usada para acessar o reino proibido há muito tempo e viaja para lá. Quando ele encontra seu irmão algemado, Deimos quase mata Kratos de raiva até que Thanatos intervém. No entanto, Kratos ainda salva seu irmão de cair de um penhasco, e eles trabalham juntos para trazer o deus da morte à sua morte. No entanto, seu reencontro é de curta duração, pois Deimos morre na luta. Sem laços familiares para manter,

história kratos god of war

God of War II

Assim como Ares provou ser problemático para os deuses por sua obsessão com aprovação, Kratos seria o oposto. Seu desdém por eles só cresceu no Olimpo, e a única maneira de encontrar consolo é levando Esparta a conquistar a Grécia. Atena avisa Kratos que há um limite para o que os olímpicos podem tolerar, mas ele a evita e ataca a cidade de Rodes. Durante o ataque, Zeus livra Kratos de seu poder e o mata com a Blade of Olympus. As mãos de Hades começam a puxá-lo para o submundo, mas os titãs telepaticamente invocam Kratos e o ajudam a escapar da morte. Seu líder, Gaia, explica como os titãs foram precursores dos olímpicos, que foram assassinados ou presos para que Zeus pudesse chegar ao poder. Mais uma vez, a vingança de Kratos se alinha com a dos outros. Ele deve encontrar as Irmãs do Destino (que controlam o tempo e o destino).

história kratos god of war

Depois de conhecer uma série de ícones da mitologia grega e de seu próprio passado, Kratos confronta duas das Irmãs do Destino. Em um ponto, ele é enviado de volta para sua própria linha do tempo com um deles tentando impedir Kratos de derrotar Ares. Ele evita esse paradoxo e mata a dupla, seguida pela irmã final que controla os fios de todas as vidas. Ele encontra a sua e retorna ao momento em que Zeus o mata, pegando a Espada do Olimpo e quase conquistando o rei dos deuses. No entanto, Athena se sacrifica para salvar seu pai, revelando a Kratos na morte que ela e ele são irmãos. Mesmo como filho de Zeus, Kratos não se deixa abalar por sua vingança, e enquanto os olímpicos planejam sua vingança, o Fantasma de Esparta viaja no tempo para trazer os Titãs à era atual, que começam a escalar o Monte. Olympus com uma guerra para acabar com todas as guerras.

God of War III

O jogo continua segundos após o jogo anterior. Poseidon é o primeiro a atacar Kratos e cai diante dele, fazendo com que o mundo grego seja envolvido pelos mares. Depois de subir o Monte Olimpo com Gaia, Zeus envia Kratos e ela cambaleando de volta para baixo com um raio. Com Zeus em sua mira, ela deixa Kratos cair no submundo, que agora jura vingança contra sua espécie por usá-lo. Ele então encontra o espírito de Atena lá, que se oferece para ajudar Kratos por razões misteriosas. Ela dá a ele poder suficiente para abrir caminho através de Hades, Helios, Hermes, Hércules, Hera e Cronos. Enquanto ele mata todos eles, a terra é envolvida em trevas, pragas e os mundos dos vivos e dos mortos colidindo. Seu objetivo o tempo todo é recuperar a caixa de Pandora, que só poderia ser aberto encontrando a própria Pandora e destruindo a Cadeia de Equilíbrio que mantinha o Olimpo e o submundo sob controle. Depois de fazer essas coisas, as chamas e o portão que mantinha a caixa trancada são liberados.

história kratos god of war

Com Zeus em seu caminho, Kratos o subjuga brevemente e abre a caixa, apenas para descobrir que ela está vazia. Gaia retorna e uma batalha começa entre os três, e Gaia é morta. Em um último esforço valioso, Zeus tenta conquistar a mente de Kratos amplificando sua tristeza e dor, mas o espírito de Pandora o guia de volta à realidade, dando ao deus da guerra seu desejo final de silenciar Zeus. Com o mundo dilacerado, Athena aparece para parabenizar Kratos, percebendo que ela estava errada sobre a Caixa de Pandora. Ela pensava que Kratos havia absorvido os males que estavam trancados nele para derrotar Ares, mas na verdade, os males consumiram os deuses, o que explica seu comportamento e porque suas mortes resultaram em coisas terríveis sendo desencadeadas. Kratos tinha, de fato, absorvido e retido o poder da esperança que Atena havia armazenado na caixa. Exigindo que ela receba o poder de restaurar o mundo, Kratos percebe que o mal do egoísmo a infectou e decide empalar a si mesmo para dar esperança ao que resta da humanidade. Com isso, Kratos deixa tudo no caos e morre desafiando os deuses até o último suspiro … ou assim parece.

Kratos e Atreus em God of War (2018)

God of War Ragnarok atreus jogavel

O corpo de Kratos não está mais nas ruínas do Olimpo depois que os créditos rolam em God of War III. Agora sabemos que ele está em terrenos nórdicos com deuses da mitologia nórdica e estamos apenas no começo de um novo capítulo na vida de Kratos. No entanto, seu novo começo com uma nova família e descobrimos a morte de sua segunda esposa, Faye. O deus da guerra e seu filho, Atreus, decidem percorrer uma nova jornada e levar suas cinzas ao pico mais alto da terra.

Kratos e Atreus partem juntos até Jottunheim, o Reino dos Gigantes. Durante a aventura, Kratos e Atreus desenvolvem um relacionamento até então mal resolvido, e juntos aprendem a conhecer um ao outro.

No decorrer do roteiro, Atreus começa a apresentar diversos problemas comportamentais e de identidade quando descobre que descende de deuses e é uma divindade. Arredio, cabe a Kratos ensiná-lo a compreender as suas responsabilidades e controlar o seu descontrole emocional.

Durante a narrativa, Kratos e Atreus encontram Baldur, os filhos de Thor, Magni e Modi e Freya, mãe de Baldur e ex-esposa de Odin.

Logo após Atreus e Kratos derrotarem Baldur com a ajuda da serpente do mundo, Jormungandr, os dois descobrem que Faye era uma giganta. Uma nova revelação surge e descobrimos que Atreus era para ter sido chamado pelo nome de Loki, escolhido por sua mãe.

god of war ragnarok nome oficial

Kratos descobre uma nova profecia, que Atreus poderia matá-lo no futuro. Com a morte dos filhos de Thor e de Odin, acabou provocando o início do “fim do mundo”, e o Ragnarok irá começar. Nosso Fantasma de Esparta e seu filho terá que lidar com as complicações dos seus atos, não mais em casa e sim nas geladas terras nórdicas.

Enquanto isso, confira o que achamos do jogo no nosso review de God of War.