EA mostra os cabelos da próxima geração no motor Frostbite


ea cabelo frostbite

Um dia depois de nossa primeira olhada no Spider-Man rodando em uma configuração parecida com o PlayStation 5, a EA lançou sua própria tecnologia de próxima geração. E se trata de cabelos.

A EA dedicou uma pequena equipe de pessoas em seus estúdios DICE e Criterion para melhorar a aparência dos folículos no mecanismo Frostbite. Genuinamente, os resultados são impressionantes.

Não é apenas o lado físico de como o cabelo se move, é como cada cabelo reflete a luz de maneira diferente, e como isso é afetado quando o cabelo é artificialmente colorido.

O primeiro de uma série de postagens de blog da EA sobre o assunto tem mostrado uma série de vislumbres, que a Digital Foundry resumiu abaixo:

E sim, esse manequim é extremamente assustador.

É claro que não há garantia de que esse nível de fidelidade seja possível ainda em um console específico da próxima geração: simplesmente não conhecemos as especificações das máquinas da Microsoft ou da Sony. Mas como um trabalho em progresso para o que Frostbite é capaz, é certamente algo para criar boas expectativas.

A Frostbite vem tendo tempos difíceis – tem sido repetidamente rotulada com gargalos pelo estúdio Mass Effect e Anthem da BioWare, por exemplo, que tem lutado para construir seus jogos de RPG em um motor originalmente construído para um shooter em primeira pessoa.

A EA agora usa Frostbite em toda a linha: para jogos de corrida (Need for Speed), RPGs (Dragon Age, Mass Effect) e títulos esportivos (FIFA). As únicas exceções notáveis ​​ultimamente são os projetos da Respawn (Apex Legends e o próximao Star Wars: Jedi Fallen Order).