Call of Duty pulará 2023, Activision diz que “conteúdo pago premium” está chegando


técnica anti cheat call of duty

A Activision afirmou que Call Of Duty receberá “novo conteúdo premium” em 2023.

Em um comunicado durante seu relatório de ganhos do segundo trimestre de 2022, a Activision afirmou que “em todo o ecossistema de Call of Duty, as equipes estão bem posicionadas para apoiar esses lançamentos com operações ao vivo substanciais, enquanto também continuam o desenvolvimento de novos conteúdos premium planejados para 2023 e além”.

A Activision está pulando o jogo Call of Duty do próximo ano , marcando assim a primeira vez em quase 20 anos que pulou um lançamento anual. No entanto, isso não impede a Activision de lançar um projeto menor.

A declaração desta semana pode se referir a DLC pago, algo que já foi um marco da franquia, mas diminuiu nos últimos anos, ou um jogo spin-off, como o há muito rumores de Call of Duty Zombies.

O próximo jogo da série principal, esperado para 2024, é provavelmente um jogo de Black Ops. As imagens, supostamente do jogo, foram datadas do Warzone Mobile no início deste ano.

A Activision disse na segunda-feira que sua receita e lucro operacional do segundo trimestre caíram ano a ano, “refletindo menor engajamento para a franquia Call of Duty, mas cresceu em relação ao primeiro trimestre”.

Espera-se que o engajamento aumente durante o quarto trimestre da empresa, quando planeja lançar dois novos jogos de Call of Duty.

A Activision confirmou a data de lançamento de Call of Duty Modern Warfare 2 em 28 de outubro de 2022. Call of Duty: Warzone 2.0 também será lançado ainda este ano .

Foi anunciado em janeiro que a Microsoft , proprietária do Xbox , planeja adquirir a Activision Blizzard em um acordo de US$ 68,7 bilhões.

Em documentos recém-publicados, a Sony disse acreditar que Call of Duty pode inspirar os usuários a mudar para o Xbox caso a aquisição proposta obtenha aprovação regulatória.