Suguru Geto – Tudo sobre o personagem de Jujutsu Kaisen


Suguru Geto Jujutsu Kaisen
Suguru Geto Jujutsu Kaisen

A maestria narrativa de Gege Akutami alcança seu ápice ao explorar a juventude de Suguru Geto e Satoru Gojo, revelando suas separações singulares. No universo do mangá, o conhecido “Arco do Passado de Gojo” marca o início da Temporada 2 de Jujutsu Kaisen. Esta temporada se inicia com o envolvente Arco “Inventário Oculto / Morte Prematura”, mergulhando profundamente no passado de Geto e Gojo, brevemente abordado no filme “Jujutsu Kaisen 0”. Embora brevemente apresentados na primeira temporada, os seis primeiros episódios do anime da MAPPA oferecem uma imersão fascinante nos dois personagens, evidenciando a relevância contínua de Geto.

Se sua busca envolve conhecer mais sobre Suguru Geto, oferecemos uma análise aprofundada deste personagem, considerando elementos do anime e revelando sutis spoilers do mangá. Ele é um supremacista feiticeiro ou um homem despedaçado? Por que não ambos? Ao continuar a leitura, a curiosidade se intensifica; mas esteja ciente de que mais informações incluem revelações impactantes.

Confira tudo sobre Suguru Geto de Jujutsu Kaisen

Confira tudo sobre Suguru Geto de Jujutsu Kaisen
Confira tudo sobre Suguru Geto de Jujutsu Kaisen

Suguru Geto emerge como o principal antagonista na minissérie de mangá “Jujutsu Kaisen 0” (originalmente intitulada “Tokyo Metropolitan Curse Technical School”) de 2017 e sua adaptação para um filme de anime lançado em 2021, compartilhando o papel de deuteragonista no “Arco do Passado de Gojo” em “Jujutsu Kaisen”. Este arco desvenda os eventos que o levaram ao declínio e à vilania.

Anteriormente um feiticeiro de Jujutsu e parceiro de Satoru Gojo, Geto desenvolveu um profundo ódio por não-feiticeiros, nutrindo a visão de um mundo exclusivamente composto por usuários de maldições e feiticeiros de jujutsu. Ele foi o cérebro por trás da Parada Noturna dos Cem Demônios, um ataque terrorista de jujutsu que assolou as cidades de Kyoto e Shinjuku. Após sua morte, seu corpo foi possuído por Kenjaku.

Personalidade

Personalidade Suguru Geto
Personalidade Suguru Geto

Suguru Geto, um ex-feiticeiro de Jujutsu, tinha profundo ódio pelos não-feiticeiros, os chamando de “macacos”. Ele acreditava que os feiticeiros eram superiores e representavam o próximo estágio da evolução humana. Sua presunção e desprezo pelos humanos normais eram evidentes, utilizando personas falsas para atrair pessoas amaldiçoadas e desdenhando os não-feiticeiros, chegando a borrifar desinfetante para “eliminar o cheiro de macaco”.

Por outro lado, ele se importava profundamente com os usuários de maldições, referindo-se a eles como família e defendendo a supremacia dos feiticeiros. Contudo, sua amizade era falsa, como quando fingiu se aproximar de Yuta Okkotsu para futuramente matá-lo.

Suguru acreditava que os não-feiticeiros impediam a evolução e defendia um mundo exclusivamente de feiticeiros, mesmo que isso significasse matar todos os não-feiticeiros. Durante uma batalha, expressou alegria ao ver feiticeiros trabalhando juntos, mas afirmou que a morte de Yuta era inevitável para realizar sua visão.

Ele menosprezava a crença em deuses, considerando os feiticeiros superiores aos humanos e desdenhando a existência dos não-feiticeiros. No entanto, ainda mantinha uma conexão com Satoru, seu antigo melhor amigo, e lamentava sua própria infelicidade.

Inicialmente, ao lado de Satoru, acreditava que os feiticeiros existiam para proteger os não-feiticeiros, mas esse ponto de vista mudou após um evento traumático envolvendo seguidores religiosos. Essa experiência o levou a repensar suas convicções, culminando em sua escolha de abandonar a Jujutsu High e se tornar um usuário de maldições, determinado a construir um mundo apenas de feiticeiros.

Habilidades e Poderes

Suguru Geto Vilões Jujutsu Kaisen

  • Nível de Habilidade: Como um dos quatro feiticeiros de grau especial, Suguru Geto foi considerado o mais perigoso entre os usuários de maldições, representando uma ameaça extrema à humanidade. Durante seus dias de estudante ao lado de Satoru, eram conhecidos como os mais poderosos. Ele facilmente derrotava experientes usuários de maldições e possuía uma vasta coleção de espíritos amaldiçoados, demonstrando habilidades excepcionais tanto em uso de maldições quanto em combate corpo a corpo.
  • Estratégia e Poder Tático: Utilizando seu grupo religioso como isca, reuniu milhares de espíritos amaldiçoados ao longo de uma década, tornando-se uma ameaça maior do que qualquer maldição da época. Embora soubesse que enfrentar todos os feiticeiros do Jujutsu High seria desafiador, usou seu intelecto tático para isolar Yuta Okkotsu durante o Desfile Noturno dos Cem Demônios, visando roubar o espírito Rika Orimoto.
  • Habilidade em Combate Corpo a Corpo: Enquanto muitos presumiam que ele lutaria usando seus espíritos amaldiçoados, Suguru surpreendia os oponentes com suas habilidades em artes marciais. Mostrou maestria em combate físico, enfrentando até mesmo o cadáver amaldiçoado Panda e conseguindo desviar os ataques de Yuta e Rika simultaneamente, mantendo-os afastados com destreza mesmo em um confronto corpo a corpo intenso.
  • Brilhantismo Estratégico e Intelecto Tático: Suguru sempre se destacou na Jujutsu High como um aluno brilhante, lembrando detalhes cruciais e explicando conceitos para outros, incluindo seu amigo Satoru. Esse intelecto se refletia em suas batalhas, sempre planejando um passo à frente de seus oponentes. Durante a luta com Toji Fushiguro, ele conseguiu surpreendê-lo temporariamente, movendo-se estrategicamente para tentar cortar o acesso às armas de Toji. No entanto, um imprevisto deixou-o vulnerável.
  • Após se tornar um usuário de maldições, ele assumiu o controle de grupos semelhantes, estabelecendo uma base de operações para atrair humanos amaldiçoados e adquirir maldições. Isso resultou na acumulação de milhares de maldições ao longo do tempo. Usando seus recursos estratégicos, organizou a Parada Noturna dos Cem Demônios, atraindo a comunidade de feiticeiros do Jujutsu High para uma batalha em Kyoto e Shinjuku. Enquanto isso, infiltrou-se na Jujutsu High para confrontar Yuta Okkotsu, entendendo inicialmente suas chances limitadas, mas confiando na captura de Rika para aumentar suas chances de vitória. Essas estratégias demonstram sua habilidade calculista e intelecto tático ao enfrentar desafios complexos.

Jujutsu

Jutsu Suguru Geto
Jujutsu Suguru Geto

Manipulação de Energia Amaldiçoada

Imensa Energia Amaldiçoada: Suguru é famoso por ser capaz de manipular milhares de maldições ao mesmo tempo com altas reservas de energia amaldiçoada. Ele tem uma grande compreensão de como as energias e técnicas amaldiçoadas geralmente funcionam. Suguru é capaz de manipulá-lo para esconder seus resíduos ou imbuí-lo de energia em armas entre outras aplicações. Ele também é capaz de ler o fluxo de energia amaldiçoada de outros feiticeiros sem qualquer dificuldade.

Técnica Inata

Manipulação do Espírito Amaldiçoado: Suguru possui a habilidade de controlar espíritos amaldiçoados vagantes. Ele pode dominar essas maldições, absorvendo-as em pequenos orbes pretos, os quais ingere oralmente para utilizar seus poderes. Se a diferença de nível entre a maldição e Suguru for de dois ou menos, ele pode absorvê-la sem consequências. Além disso, ele pode absorver maldições de outros feiticeiros ao matar o mestre da maldição.

Máximo: Uzumaki: Essa técnica máxima de Manipulação do Espírito Amaldiçoado envolve a combinação de um grande número de maldições em um ataque poderoso. Durante sua batalha climática com Yuta e Rika, Suguru utilizou mais de quatro mil maldições em seu ataque máximo, demonstrando a imensa quantidade de poder que pode reunir e controlar.

Suguru Geto Manipulação

Técnicas de Barreira

Cortina: Suguru é capaz de criar um tipo de barreira conhecida como “cortina”, que envolve uma área extensa, ocultando tudo o que está dentro dela do mundo exterior. Essa habilidade permite que ele lance cortinas para aprisionar feiticeiros, inclusive em barreiras de feiticeiros mais fracos, restringindo-os dentro dessa área. Essas cortinas funcionam como uma barreira de proteção, obscurecendo e isolando o que está contido dentro delas do ambiente externo.

Ferramenta Amaldiçoada

Nuvem Brincalhona: Trata-se de uma ferramenta amaldiçoada de nível especial que Suguru utilizou durante sua luta contra Yuta e Rika simultaneamente. Com essa equipe de três seções, ele conseguiu efetivamente bloquear, desviar e contra-atacar ambos os oponentes ao mesmo tempo. A Nuvem Brincalhona proporcionou a Suguru uma vantagem estratégica na batalha, permitindo-lhe enfrentar múltiplos adversários de maneira eficaz e coordenada.

Qual é o relacionamento de Gojo e Geto?

Qual é o relacionamento de Gojo e Geto
Qual é o relacionamento de Gojo e Geto

Existe uma base sólida para considerar a relação entre Gojo e Geto em Jujutsu Kaisen como algo mais profundo do que uma amizade íntima. Isso é evidenciado pela escolha da música “Ao No Sumika (Where Our Blue Is)” como tema de abertura do Cour 1 e pela promoção da temporada como o “Blue Spring” de Gojo e Geto. Mas por quê? No Japão, “Blue Spring” (ou Seishun) é usado para representar os dias da juventude, especificamente, os sentimentos intensos e o amor jovem associados a essa fase. Seishun é um tema comum no mangá, principalmente em histórias românticas. Além disso, o compositor Tatsuya Kitani, de “Where Our Blue Is”, afirmou que a música foi escrita do ponto de vista de Gojo em relação a Geto, incorporando a palavra “koi”, utilizada para expressar amor romântico. Esses elementos sugerem fortemente uma ligação emocional entre os dois personagens.

A 2ª temporada de Jujutsu Kaisen se concentra na relação entre o orgulhoso membro da família Gojo e a única pessoa que ele considera seu igual, Geto. Essa paridade é o alicerce que os une, baseado em respeito e amizade mútuos. Observar como cada um lida com adversidades distintas acrescenta uma profundidade emocional essencial à trama do anime. Enquanto o filme Jujustu Kaisen 0 explorou maldições, amor, culpa e as emoções complexas ligadas à sobrevivência, a 2ª temporada oferece uma perspectiva sobre o paralelo entre Gojo e Geto em relação à jornada do jovem Yuta e sua conexão com a perda de Rika Orimoto.

A batalha entre Geto e Yuta revela que a raiva de Geto é alimentada pela convicção de que o amor pode gerar um imenso poder. Nos momentos finais do filme, testemunhamos Geto, à beira da morte, compartilhando suas últimas palavras com seu ex-melhor amigo. Eles encontram consolo um no outro, deixando o passado para trás e se preparando para lamentar o que perderam.

Embora se possa interpretar a intensa ligação entre eles como platônica ou romântica, a verdade é que representam o relacionamento mais sólido criado por Akutami. O estúdio MAPPA expandiu esse enfoque ao adaptar o arco Gojo’s Past no Cour 1 e fornecer vislumbres no filme Jujustu Kaisen 0.

Contudo, o que ainda não foi adaptado é crucial para compreender a dor de Gojo ao perder o amigo no filme e, posteriormente, ao vê-lo voltar à vida na série principal do anime. Durante o Arco de Shibuya, desvendamos a verdade sobre quem Geto se tornou, com todos os seus pontos e nuances. Essa revelação também expõe a angústia de Gojo ao perceber não somente o que está diante dos olhos, mas enxergar além. A frase “Meus seis olhos me dizem que você é Suguru Geto, mas minha alma sabe o contrário!” expressa o luto de Gojo por Geto no mangá, revelando a profunda conexão que os uniu ao longo de uma década.

Confira outros artigos de Jujutsu Kaisen:


San Moreira
San Moreira tem 33 anos e é natural de São Paulo. Eu sou formado em Banco de Dados e Gestão Empresarial. Amante da cultura gamer, sempre apaixonado pelo universo. Atuando como jornalista e Content Manager de games com foco na plataforma PlayStation e Battle Royales como Free Fire. Teve a ideia de criar este site exclusivamente pela vontade informar e ajudar a comunidade gamer.

0 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *