The Elder Scrolls VI será jogado por uma década, diz diretor da Bethesda


The Elder Scrolls VI será jogado por uma década

De acordo com Todd Howard, diretor da Bethesda, The Elder Scrolls VI, o próximo lançamento da popular série de RPGs, será jogável por “pelo menos” uma década. Isso é mais do que uma geração de consoles. A promessa ousada veio durante uma recente entrevista entre Howard e IGN, onde o diretor revelou que o objetivo da Bethesda Game Studios para o projeto é garantir que ele tenha a mesma longevidade de The Elder Scrolls V: Skyrim, que ainda está sendo portado, comprado e religiosamente jogado até hoje, apesar de ter oito anos de idade.

Por um lado, acho que é bom perder as coisas. Eu acho que isso faz as pessoas chegarem a ele com olhos muito novos. Quando você finalmente, eventualmente, ver o jogo e o que temos em mente [você vai] entender a lacuna mais em termos de tecnologia e o que queremos fazer.

Como você pode ver, Howard parece sugerir que não haverá apenas uma impressionante nova tecnologia que impulsione The Elder Scrolls VI, mas a diferença entre ele e Skyrim será substancial. De acordo com Howard, o jogo provavelmente será lançado na próxima geração.

Howard, também aproveitou a oportunidade para falar sobre Starfield, o outro jogo vindo da Bethesda, que também parece muito distante.

[Starfield terá seu próprio tom em termos de ficção científica, da mesma forma que Fallout tem seu próprio tom no pós-apocalíptico. Elder Scrolls encontrou seu próprio tom, mas não é tão original. Foi uma fantasia muito genérica.

Para Howard, o plano é fazer Starfield um jogo de ficção científica sem igual.

Nós poderíamos ser os únicos a conseguir isso. Temos talento, experiência e tecnologia suficientes. Precisamos escrever um monte de novas tecnologias que estamos fazendo para Starfield. Mas achamos que podemos conseguir isso.