Jogador profissional de FIFA é banido de todos os jogos da EA


Jogador profissional de FIFA é banido de todos os jogos da EA

Um jogador profissional do FIFA 20, Kurt “Kurt0411” Fenech, foi banido de todos os jogos da Electronic Arts quatro meses depois de ter sido proibido de participar de torneios oficiais de simuladores de futebol. Fenech postou vídeos, transmissões ao vivo e tweets com críticas tóxicas a editora e apoiou uma ação da comunidade na qual diferentes usuários roubaram contas do Twitter de funcionários da EA.

Em comunicado à IGN, a EA diz que a Fenech “cruzou a linha de decência [se envolvendo] em ataques muito pessoais e quebra de nossos Termos de Serviço”. O próprio jogador postou no Twitter o e-mail que a empresa enviou a ele para notificá-lo da proibição: “[…] sua conta violou acordos com foco em assédio, violência na vida real ou ameaças físicas”.

“Depois de receber vários avisos e revisar comentários recentes que você fez na internet sobre os funcionários da EA, descobrimos que eles são ameaçadores e ofensivos por natureza. Devido à natureza recorrente das ameaças ao longo do tempo, a gravidade da violação [dos termos de serviço] nos levou a encerrar sua conta permanentemente, com efeito imediato”.

A Electronic Arts incentiva os usuários de seus jogos a contribuírem com críticas construtivas sobre eles em seus fóruns oficiais e outros canais, mas apontam: “Quando os comentários cruzam a linha de ameaças e ataques pessoais, tomaremos medidas para tirá-los de nossas comunidades. “

Kurt0411: “Eu não disse nada que não deveria ter dito”

O jogador respondeu ao seu próprio tweet dizendo:

“No fim, eu nunca disse nada que não deveria dizer. Isso é mais profundo do que se pensa. Eles não querem que eu participe de eventos porque temem que eu possa vencê-los; agora sou o segundo maior streamer do jogo e estão com medo que eu ultrapasse o garoto predileto deles”.

A Fenech vem criticando publicamente a Electronic Arts nos últimos dois anos. Em transmissões ao vivo, ele foi visto insultando seu oponente, os desenvolvedores da FIFA e a EA, a quem ele costuma chamar de “ratos”. Em outra edição, ele também cuspiu em um lenço com o logotipo da EA. Em novembro de 2019, ele foi banido permanentemente das competições esportivas eletrônicas do jogo.

Após essa expulsão, várias contas no Twitter de funcionários da EA foram invadidas pelo que a empresa chamou de “ataque coordenado”. A ação dos hackers foi incluída em um ataque através das redes sociais em protesto contra o FIFA 20. Fenech apoiou essas ações em sua conta pessoal.

EA diz que Fenech continuou a ameaçar funcionários e outros jogadores profissionais

A Electronic Arts explicou e justificou a expulsão da Fenech em uma declaração publicada pela IGN, que garante que, após vários avisos e a expulsão dos eventos da EA Sports FIFA 20 Global Series, o usuário continuou a publicar vídeos e mensagens que ameaçavam “os funcionários da EA jogadores competitivos e não competitivos “, motivando seus seguidores a fazer o mesmo:

“Suas mensagens cruzaram a linha de decência em relação a ataques de caráter e violam nossos termos de serviço. Como resultado, a conta EA Kurt0411 será proibida de jogar com nosso jogos e acesse nossos serviços devido a essas violações graves e repetidas “.

“Criamos jogos e comunidades para os jogadores se divertirem. Criar experiências seguras e divertidas para todos, sem medo de assédio ou abuso, é uma parte vital. Nossos Termos de Serviço incluem um Código de Conduta que solicita que os jogadores continuem a manter nossas comunidades saudáveis ​​e seguras. Temos uma abordagem em desenvolvimento para criar comunidades onde todos se sintam seguros e respeitados, incluindo ferramentas para relatar toxicidade no jogo e novas. ferramentas de moderação. E continuaremos adicionando mais recursos “.


San Moreira
San Moreira tem 33 anos e é natural de São Paulo. Eu sou formado em Banco de Dados e Gestão Empresarial. Amante da cultura gamer, sempre apaixonado pelo universo. Atuando como jornalista e Content Manager de games com foco na plataforma PlayStation e Battle Royales como Free Fire. Teve a ideia de criar este site exclusivamente pela vontade informar e ajudar a comunidade gamer.

0 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *