Final Fantasy VII Rebirth será exclusivo do PS5 para garantir viagens “confortáveis” por um “vasto mundo”


trilogia remake final fantasy vii todos locais jogo original

A Square Enix abriu sobre o motivo de Final Fantasy VII Rebirth ser lançado como exclusivo do PS5. Ok, então a Sony obviamente tem um acordo de exclusividade em vigor – mas estamos falando além dos acordos contratuais aqui. De acordo com citações de entrevistas compiladas pela Gematsu, é o poder do PS5 que permite que Rebirth flua como uma aventura.

“É exclusivo do PlayStation 5 por causa da qualidade gráfica, é claro, bem como da velocidade de acesso do SSD. Como a aventura se desenrola em um vasto mundo após a fuga de Midgar, o estresse de carregamento é um gargalo extremo”, explicam os desenvolvedores.

“Sentimos que precisávamos das especificações do PlayStation 5 para superar isso e viajar pelo mundo confortavelmente”.

Seguindo essa citação, parece que Rebirth será grande em termos de escopo. Ainda não sabemos se terá elementos de mundo aberto – a Square Enix diz que mais informações sobre esse aspecto do título serão compartilhadas mais tarde – mas é justo supor que não será apenas uma série de corredores, o que é às vezes uma crítica que visa Final Fantasy VII Remake.

A empresa diz que Rebirth está progredindo rapidamente – e isso se deve em parte ao fato de que a equipe já havia entrado no desenvolvimento do PS5 com Final Fantasy VII Remake Intergrade. Será interessante ver o quão “vasto” o Rebirth acaba sendo, especialmente porque o projeto não precisa reter nada por causa do hardware do PS4.

Você está feliz em saber que Rebirth é apenas um jogo da geração atual? Pense sobre esse mapa do mundo na seção de comentários abaixo.