Presidente da Square Enix fala sobre inovação e o impacto de Final Fantasy XV


Presidente da Square Enix fala sobre inovação e o impacto de Final Fantasy XV

Final Fantasy XV tem uma grande quantidade de fãs antigos, ao mesmo tempo que alcançou um novo público. O jogo mudou algumas coisas da série, abordando um mundo mais aberto e tornando o combate mais voltado para a ação. Antes do jogo ser lançado, o diretor Hajime Tabata disse que os riscos poderiam “dar certo ou quebrar a franquia” e reconheceu que era uma IP que estava morrendo e que não era mias uma marca tão conhecida como antes. Nesta última E3, o CEO e presidente da Square Enix, Yosuke Matsuda, estava disponível para entrevistas e a Game Informer perguntou se ele achava que Final Fantasy XV havia alavancado o perfil da série.

Sim, acho que fez isso porque tentamos muitas coisas diferentes com o Final Fantasy XV. Entre os títulos dessa série, eu acho que ele foi único. E eu também entendo que não apenas os fãs antigos, mas também muitos novos jogadores jovens também jogaram. Nesse sentido, eu acho que realmente teve uma contribuição significativa nesse contexto.

Matsuda também aproveitou este momento para abordar a importância da inovação em todas as principais franquias da Square Enix:

Se você está falando sobre Final Fantasy, Dragon Quest ou Tomb Raider, estes, internamente para nós, são realmente os pilares em termos de franquias. E por essa razão, precisamos sempre inová-los. Acreditamos que as franquias e as IPs são criaturas vivas. Você precisa sempre imbuí-las com o que há de mais moderno ou mais inovador que corresponda a essa era em particular, ou então elas irão morrer. E isso é algo que eu acho que se aplica tanto a novas propriedades quanto a a nossas franquias existentes.

Matsuda reconheceu que os desenvolvedores individuais abordam isso de forma diferente com suas próprias ideias, mas disse que é sempre o objetivo principal e essencial para o sucesso e a sobrevivência de antigas e novas franquias.

Então, mais do que o nível de reconhecimento, para nós no momento,estamos focados em fornecer a experiência mais atual e a melhor para o cliente e esperar que isso os faça felizes. Porque se não fizermos isso, veremos a popularidade desses jogos caírem, e por isso sempre queremos enfrentar novos desafios. Acredito que o pensamento compartilhado com todos os nossos desenvolvedores. Então, mais do que a preocupação sobre [Final Fantasy] ter caído temporariamente, para nós é importante estar sempre garantindo que a nossa IP seja inovadora.

Matsuda foi muito sincero na entrevista sobre a filosofia da Square Enix para remakes, o impulso de tornar sua biblioteca completa digital, e até mesmo discutiu Final Fantasy VII Remake sendo potencialmente lançado em novos consoles.