Criador de Dragon Quest quer revolucionar a IA dos NPCs da série


demo Dragon Quest XI S

O criador da série Dragon Quest, Yuji Hori, falou sobre o que ele prevê para a série no futuro em uma nova entrevista. Ele também falou sobre o passado da série.

Yuji Hori foi entrevistado pelo Yahoo Japan em uma entrevista que marcou a celebração do 35º aniversário da série. A série é um fenômeno cultural no Japão, sendo até considerada um jogo nacional por lá.

Embora a entrevista original seja em japonês, uma tradução dessa entrevista foi compartilhada no Twiter por soulstyce. Na entrevista, Hori compartilhou muitos comentários interessantes sobre a história da série, bem como o que ele prevê para o futuro.

No início, Hori decidia não só o cenário, mas também os monstros, os itens à venda na loja e os preços. Segundo ele, a grande dificuldade que enfrentaram anteriormente foi a limitação da memória do hardware e tiveram que se decidir por isso antes de iniciar o desenvolvimento do jogo.

Ele lembra que o jogo mais difícil que teve de desenvolver foi Dragon Quest VII, pois foi o início de uma nova era com o CD-Rom que lhes permitiu ir além das limitações anteriores. “Fizemos o mundo tão grande que não pudemos terminar o desenvolvimento e o lançamento foi adiado por dois anos”, disse Hori.

Hori menciona como Demon Slayer é um anime realmente bom, enquanto ele também fala sobre seu jogo favorito e como ele não consegue parar de jogar The Legend of Zelda: Breath of the Wild. Ele cita o parapente como um dos motivos do seu apego ao esporte.

Quando questionado sobre o que pensa sobre o futuro da série, Hori disse:

“É segredo (risos). Dependendo do que acontecer com os consoles, pode chegar um dia no futuro em que você poderá desfrutar do mundo de Dragon Quest em VR do conforto do seu quarto. ”

“Também achamos que seria interessante incorporar IA nas personalidades e conversas dos personagens companheiros. Seria ótimo se os companheiros com os quais você se aventura pudessem ter IA e crescer e se tornar seus amigos. Queremos continuar a oferecer jogos novos e emocionantes com o nome Dragon Quest. ”

Outro comentário interessante que ele fez foi sobre uma “surpresa” que ele quer dar vida.

“Um dia, gostaria de criar um ‘Túmulo do Herói’ no mundo real (risos). Quero fazer com que todos possam entrar na tumba como heróis. É um “banco de dados + sepultura”, onde você pode armazenar suas memórias de sua vida na sepultura. Quando as pessoas visitam, podem ver os dados que eu preparei e podem aprender que essa pessoa viveu uma vida de uma determinada maneira. Por exemplo, se seu bisavô fala com você como um herói. ”

Dragon Quest XI S: Definitive Edition acaba de ser lançado para Xbox One, PS4 e PC. A Square Enix está trabalhando atualmente no Dragon Quest XII, conforme confirmado por Yuji Hori.